13/11/2010

Gueixas.

       No Japão, há 300 anos elas dançam, conversam e cuidam do entreterimento em reuniões, festas, casas de chá, as gueixas são mulheres extremamente agradáveis e representam parte da cultura japonesa, elas são parte do patrimônio do país. Uma questão sempre confusa é: "Há envolvimento sexual com os clientes?" Segundo alguns conhecedores profundos e as próprias artistas a resposta é NÃO, as gueixas NÃO SÃO PROSTITUTAS, sexo não faz parte de seu trabalho, espere apenas uma boa conversa, pode acontecer um romance como pode acontecer em qualquer outra profissão.

     Muitas mulheres pagam bastante dinheiro para ser gueixa por algumas horas, elas são como celebridades, todos querem fotografá-las, numa cultura conservadora como a japonesa se elas fossem prostitutas não seriam tão admiradas...a palavra gueixa é uma junção de duas palavras em japonês, seu significado é "artista", é uma profissão tradicional no Japão.
    Chamar uma gueixa de prostituta é o mesmo que chamar uma bailarina de dança do ventre de odalisca: demonstra uma grande falta de conhecimento, ignorância sobre o assunto, é atribuir uma palavra pejorativa à uma profissional de arte. Antigamente essa era uma profissão masculina, posteriormente ela passa a ser feminina, uma gueixa precisa de no mínimo 4 anos de preparação, a aprendiz abandona a própria casa e vai para uma "casa de gueixas" onde aprende sobre musica, dança típica, relacionamento interpessoal e postura delicada.
  São mulheres anônimas, durante o dia levam a vida normal até que se "componham" como tais personagens.
Fonte: Catarina Hong- Rede Record  de televisão.
Imagem: stupid e cute.

Para sugerir uma postagem: allicefe@hotmail.com   essa foi sugerida por: Karina Grush- Brasilia.
PS: não vai ser sempre assim, é apenas um modo de interação com os leitores, um modo de conhece-los melhor. Qualquer novidade de diário, volto.

7 comentários:

  1. Amei a escolha da postagem da nossas amiga aí.Já assistí o filme "O diário de uma gueixa" e fiquei fascinada por elas!
    beeijOs!

    ResponderEliminar
  2. Já chovendo no molhado, rudemente: as gueixas são "museus ambulantes". E representam. Nenhuma prostituta representa. Quem acredita que elas sejam prostitutas, sinceramente, está por fora do que seja a diferença entre representaçao e fato.

    ResponderEliminar
  3. Hahaha. Eu imagino um japonês com pó de arroz no rosto..

    ResponderEliminar
  4. Fale sério, Alice. Eu estou estragando seu blog, não é?
    Diga a verdade, eu não irei reclamar.

    :¬P

    ResponderEliminar
  5. você sempre estraga tudo! kkkkkkkkkkkkkkk TÔ BRINCANDO CARLOS. kkkk

    ResponderEliminar
  6. Vou sugerir uma postagem.

    Existe "Cultura Científica"? Se não, seria a ciência sempre uma máscara para a plenitude da vida natural, sem ciência da ciência?

    ResponderEliminar

desabafe mas seja sensato ;D