12/08/2009

Umas desculpas que realmente devo...







E eu via aqueles olhos grandes me dando bronca...mas um modo de bronquear suave não como "te detesto" mas como "cresça!", é incrível como vemos o sucesso das pessoas e nem imaginamos nada do que passaram para chegar lá.
Desrespeitei minha professora sem saber que era desrespeito, mas ela me disse que não posso fazer isso que tenho que rir de mim e que faz parte do aprendizado, que estou muito novinha e que a cada dia nasce uma estrela "você tem tudo, não disperdice!"
Sei amada que queres meu bem que torces por mim mas estou tão machucada que não me faz diferença. Te amo tanto quanto criança ama uma prima ballerina do Bolshoi, te acho maravilhosa e inspiração em tudo. Tenho o privilégio de aprender com você e isso me faz tão bem... Seus passos são celestiais e firmes acho-os perfeitos mas é que olhando parece tão mais fácil que fazer com toda aquela gente me olhando.
Não fique com raiva de mim eu não suportaria, eu não fiquei com raiva de você e nem conseguiria...tenho raiva de mim por ser tão desajeitada só. Ah quem dera fazer a aula do modo como você merece que ela seja feita, mas ainda não posso.
Vou crescer sim e devo boa parte disso à você.

4 comentários:

  1. nossa, essas desculpas ela tem que aceitar...
    tu faz bolshoi?

    bjs

    ResponderEliminar
  2. tem umas perguntinhas para vc responder no meu blog!!

    bjs

    ResponderEliminar
  3. não. faço Sarene Castro e não a troco por nada! =) =*

    ResponderEliminar

desabafe mas seja sensato ;D